18 de dez. de 2020

Bond No 9 Madison Avenue - Avaliação Perfume

 


À venda em Hautt - Alta Perfumaria: https://www.facebook.com/HauttAltaPerfumaria

Com Madison Avenue a Bond No 9 tem a intenção de continuar a expandir sua visão auto-proclamada de inovação. Lançado em 2016 a ideia é continuar a expandir o conceito inovador de homenagem à Nova Iorque criando a primeira fragrância que homenagearia um centro de compras conhecido das pessoas ricas ao redor do mundo. Para isso a marca foca em um estilo chypre e fresco que segundo sua visão é favorecido pelos fashionistas.

Madison Avenue possui três fases bem distintas em sua estrutura chypre floral. Na saída temos um aroma frutado verde e suculento que veste o frescor da bergamota com as nuances silvestres da amora e o aroma verde de maçã. Conforme evolui um acorde floral elegante e moderado surge, onde uma rosa aveludada se combina a uma magnólia citrica e a um jasmim branco moderado. 

A parte chypre da fragrância torna-se mais evidente ao fim de sua evolução mas a acompanha do começo ao fim. Há algo na maneira como o patchouli é trabalhado que mescla toques terrosos com um leve aspecto de couro. O pralinê é bem moderado, acrescentando apenas um toque gourmand distante. Da mesma maneira o ambroxan também entra como coadjuvante, dando um toque limpo de ambergris que ajuda a sustentar a fragrância na pele.

De fato Madison Avenue é uma boa captura do que é tendência na perfumaria feminina dos últimos anos, interpretado de uma maneira equilibrada e que não satura nenhum de seus lados. Talvez o único senão disso é que a ideia acaba soando como uma mescla de outros perfumes femininos, quase como um pout porri olfativo ou como se várias fragrâncias se encontrassem dentro de um ambiente de compras.