16 de dez. de 2020

Bond No 9 Madison Square Park - Avaliação Perfume





As homenagens à parques presentes em Nova Iorque encaixam-se bem dentro da estética fresca, leve e potente dos perfumes da Bond No 9. Isso permite à marca explorar aromas florais delicados, frescos e que se mostram interessantes pela forma como também equilibram notas frutadas e notas verdes. São composições que trabalham no equilíbrio e contraste entre a natureza e a modernidade urbana.

Madison Square é uma região em Manhattan, um dos grandes pontos de Nova Iorque formado pela intersecção da Quinta Avenuda e a Broadway. Nesse bairro temos o Madison Square Park, uma região de Nova Iorque que combina espaços artísticos, comerciais a uma area verde planejada e bem integrada. É esse aspecto que a marca busca homenagear com uma composição que mistura o verde e floral a um amadeirado leve e moderno.

Madison Square Park abre com um suculento acorde frutal, listado como mirtilo porém remetendo bastante a pêssego. Logo em seguida temos um aroma verde com um leve toque úmido, algo que remete a folhas orvalhadas e a grama recém cortada. Flores verdes e primaveris surgem num misto de aspectos levemente metáicos de jacinto com o frescor de uma rosa verde e um aspecto floral delicado de um acorde de tulipa. Na base o perfume sugere um amadeirado discreto e mineral onde o vetiver prevalece a a madeira de teca acrescenta um leve toque rústico e retrô. A projeção e duração dessa fragrância mostra-se moderada, o que certamente ajuda em sua versatilidade. Perfeito para quem curte um floral fresco que consiga trabalhar notas verdes sem torná-las muito complicadas.