5 de jan. de 2021

Ingredientes Influentes da Perfumaria - Coumarina

 


Descoberta pela primeira vez em 1820 e produzida industrialmente em 1877, a Coumarina é considerada um dos primeiros materiais sintéticos da perfumaria, dos que foram produzidos em laboratório e passaram a ser amplamente utilizados em composições.

Ainda que seja sintética a Coumarina é um material químico aromático presente em largas quantidades na Fava Tonka e no Feno, presente de maneira importante em algumas espécies de cerejeiras e também em frutas com teor amargo (o amargo da coumarina afasta os animais de comerem as frutas). A coumarina também é amplamente utilizado na aromatização do tabaco.Seu aroma é conhecido por ser amendoado, com nuances medicinais, de grama corta e de tabaco.

A Coumarina faz parte do que é considerado o primeiro perfume moderno e abstrato, Fougere Royale de Houbigant. Criado pelo Perfumista Paul Parquet em 1882, Fougere Royale utilizou 10% de coumarina combinado a lavanda e musgo de carvalho para criar um aroma abstrato para a samambaia, que não possui cheiro. O aroma fez tanto sucesso que gerou uma família olfativa masculina que faz sucesso até hoje.

A Coumarina é também parte importante da obra-prima criada pela Guerlain, o perfume Jicky 1889 . Junto com a bergamota e vanilina a coumarina balanceava o animálico da Civet na composição e passaria a ser uma importante parte da assinatura olfativa da marca ao longo das décadas.

A Coumarina é um dos materiais sintéticos mais empregados até os dias atuais. Recentemente ela foi utilizada como parte crucial do perfume Fucking Fabulous de Tom Ford, que ressalta sua faceta amendoada, seu aspecto de grama fresca e seu lado medicinal enquanto contrasta com um couro aveludado e com um toque úmido de cashmeran.