18 de jan. de 2021

Louis Vuitton Météore - Avaliação Perfume

 



Amostra enviada por Kenya Ferreira. Encomendas podem ser feitas via instagram: https://www.instagram.com/kenyadacosta01/

Considerando o perfil de fragrâncias masculinas que a Louis Vuitton tem lançado nos últimos anos pode ser dito que a escolhe por fragrâncias frescas e comerciais não é um mero acaso. Tudo indica que o homem que utiliza essas fragrâncias não está procurando autenticidade ou extravagância; pelo contrário, é um público masculino que deseja o mesmo que a perfumaria comercial oferece, apenas com um nome de luxo, uma apresentação sofisticada e um alto preço.

Météore se encaixa nessa jornada e não há nada muito empolgante no que é oferecido aqui não, porém a marca entrega justamente o que descreve. A proposta é criar um perfume cristalino,instantaneamente revigorante, de elegância moderna e onde o frescor é o principal objetivo. E tudo isso é entregue, mesmo que de maneira tediosa.

Météore persegue a ideia de frescor, e transparência cristalina de maneira obsessiva. Na saída isso se traduz em uma boa dose de bergamota com um toque sutil aquático e um leve aspecto de laranja. Na evolução o Neroli acrescenta um leve aspecto floral cítrico e branco e é acompanhado rapidamente por um toque especiado cremoso e fresco. A base é predominante em musks limpos e macios e é acompanhada por um vetiver castrado onde qualquer aspecto exótico foi removido para favorecer um aroma amadeirado sedado.

Na pele é como se Jacques Cavallier revivesse a estrutura do Azzaro Chrome minimizando as notas sintéticas aquáticas e revitalizando os cítricos da composição. O resultado final não é muito longe da inspiração comercial o que deixa a dúvida se valeria a pena de fato investir mais que o dobro do valor apenas para ter uma melhoria mediana no cheiro.