6 de jan. de 2021

Prada Infusion d'Iris - Avaliação Perfume

 


Pode se dizer que de certa forma a grife italiana Prada lançou Infusion d'Iris 2 anos depois do sucesso de crítica que foi o Dior Homme, aproveitando assim o retorno à moda de uma nota que tinha se tornado datada. Porém, a forma como a prada conduz sua perfumaria nunca foi a mais convencional e antes mesmo da marca ter uma linha comercial e lançar em 2007 o Infusion d'Iris ela já tinha desenvolvido uma coleção de nicho em 2003 composta de 4 pure parfums, sendo um deles justamente de Iris. O lançamento em 2007 de Infusion d'Iris foi apenas uma adaptação dessa criação para aproveitar o momento comercial.

É interessante que a construção que a Prada fez em Infusion d'Iris o torna dentro dos perfumes comerciais muito distinto. Sua fragrância não explora o aroma atalcado amadeirado do Dior Homme, nem o aspecto gourmand do Dior Homme Intense. Também a Iris da criação do Infusion não vai na direção atalcada-violeta que alguns clássicos da Chanel possuem ou ainda o aspecto mais terroso da raiz, coisa que o perfume Iris Silver Mist faz muito bem. O que a perfumista Daniela Andrier consegue fazer aqui de forma muito bem sucedida é transformar o conceito de iris numa textura tão fluída e macia como a de uma seda ao mesmo tempo que cria um aroma clean que remete a um sabonete de luxo.

A impressão que tenho com Infusion d'Iris é que quando fresco seu aroma se mostra delicado demais, entretanto conforme sofre o efeito do tempo sua aura sofisticada e sedosa não desaparece, porém se torna mais encorpada. O perfume sugere de forma bem sutil o aroma das violetas, seu aspecto mais adocicado, e o entrelaça com o suficiente do lado terroso da iris para criar o conceito sem tornar o perfume pesado. Por trás disso é construído uma cama de musks, vetiver e neroli que cria uma aura clean, brilhante e discretamente amadeirada e que ajuda a segurar a impressão da iris na pele. Seu aroma de forma geral é muito compartilhável, nem atalcado ou amadeirado/terroso demais, e a marca muito acertadamente o transformou em uma criação unissex e aproveitou o potencial de expansão da linha, praticamente criando uma linha comercial com características de nicho. Mas de todas as fragrâncias oferecidas na linha esse continua a ser a obra-prima da coleção e um excelente perfume quando se busca elegância e discrição em um aroma.