6 de mar. de 2021

Amouage Lyric Pour Femme - Avaliação Perfume



O destaque da dupla Lyric, a versão feminina do ode da grife árabe às rosas é simplesmente delicioso. Esse ode as rosas é sinfônico, de uma sinfonia grande e complexa, e que nem todos curtem. Mas é simplesmente muito prazeroso observar a transição gradual e complexa feita da mesma forma que os mais nobres e elegantes perfumes eram feitos. 

Essa é uma rosa de voz intensa, sensuale que a princípio se mostra mais especiada após uma rápida abertura cítrica e cintilante e que remete a sensualidade das rosas de Alexander McQueen Kingdom. Essa semelhança não perdura muito pois a rosa é rapidamente envolvida em um delicioso sândalo, tão sensual quanto ela, de um aroma amadeirado e cremoso simplesmente divino para os fãs de sândalo. 

O sândalo remete ao do Guerlain Samsara mas soa bem mais natural envolto nas pétalas perfumadas da rosa. Se Lyric já parasse nesse momento e nessa dupla ele já seria perfeito, entretanto há muito mais ocorrendo nesse palco ao redor das rosas e sândalo. A combinação de baunilha, sândalo, tonka e iris remete e muito ao acorde clássico da Guerlain e se alguém que conhece os clássicos da grife o provasse sem saber qual é poderia facilmente confundir com um Guerlain devido ao aroma rico, complexo e sensual. 

Há também um lado mais terroso, rente a pele e seco e que ajuda a equilibrar o excesso de sensualidade do sândalo e rosas. Tudo que falta no Lyric Man acontece na versão feminina: complexidade, aura clássica e retrô feita na medida. O acho simplesmente viciante, o tipo de perfume que eu tenho vontade de ficar sentindo no pulso para pegar os pequenos detalhes rente a pele. Maravilhoso.