6 de mar. de 2021

Amouage Opus III - Segunda Avaliação Perfume

O posicionamento da coleção Opus da Amouage sempre foi um mistério para mim. A ideia inicial era interessante, a de criar uma coleção como uma espécie de biblioteca olfativa que fizesse uma seleção de ideias do passado. Porém, ao longo da linha isso nunca ficou muito claro em todos os perfumes. Adicionalmente, nos primeiros integrantes o conjunto da apresentação nunca refletia completamente a faixa de preço superior da linha em relação aos outros perfumes da marca, algo que com o tempo foi melhorado - a caixa rapidamente se desgastava com o tempo e o frasco se mostrava simples demais para um perfume luxuoso.

Opus III faz parte da primeira leva de lançamentos da linha e é um dos que melhor reflete o objetivo inicial da marca de resgatar ideias clássicas e lhe dar destaque em uma coleção especial. Não que a Amouage já não fizesse isso, seus primeiros femininos estão enraizados na perfumaria francesa clássica e são perfumes que precisam ser apreciados do começo ao fim para entender melhor sua dinâmica. Isso também acontece em Opus III, ainda que seu aroma avance um pouco mais rápido para a base de que um clássico.

O ode aqui para mim é claramente a perfumaria da época de ouro, do momento onde os perfumes adquiriram nova complexidade, criatividade e vida dado as melhorias no processo de extração dos materiais e a descoberta de novos sintéticos. Seu aroma é opulento e complexo, algo entre um chypre e um oriental floral. Há um acorde aqui que me faz pensar no clássico L'Heure Bleue da Guerlain, um aroma especiado amendoado powdery que permanece de fundo em meio a sinfonia de flores exóticas, especiarias amargas e o aroma da violeta. 

Curiosamente, o aspecto mais powdery da nota acaba mascarado pela riqueza dos outros elementos, mas serve de base para a harmonia amadeirada/ambarada da base, que é o momento onde a composição é trazida para uma luz mais moderna. Não é um perfume fácil, mas é bem interessante e para os fãs da perfumaria clássica vale a pena ser conferido.