11 de mar. de 2021

Amouage Oud Al Khaloud - Avaliação Perfume


Oudh Al Khaloud faz parte da linha de attares da Amouage, voltados para os gostos tradicionais da cultura árabe e vendidos somente em Oman. Significando em árabe o Agarwood da Eternidade, esse é o seu mais nobre e caro attar de agarwood, feito apenas da extração da resina de espécies raras de Aquillarias da Índia e do Camboja. 

Esse é um belo exemplar de quão complexo e fascinante e difícil pode ser o cheiro produzido pela resina dessa madeira no processo de luta pela sua vida, de combate pelo fungo que a infecta. É de certa forma um paradoxo pois o mesmo fungo que a consome é o que a transforma em nobre, que produz no processo de sacríficio de si mesma um fascinante e complexo óleo. 
Essa variedade é a mais dark que eu já testei, um agarwood desprovido de qualquer doçura, delicadeza, toque almiscarado ou sedoso. É um aroma imponente, real, que remete ao aroma da natureza de uma forma bem selvagem, um agarwood amadeirado seco, de nuances oleosas e com um quê que para mim remete ao cheiro de cerdas novas de corda. 

Eu percebo que há uma certa nuance incensada que percorre a espinha dorsal desse aroma animálico seco (e por animálico aqui não me refiro a aromas fecais, que eu detesto). Ele me faz lembrar que apesar de que a beleza e realeza de um aroma não está apenas em notas doces, agradáveis, mas também no mais sombrio e imponente dos aromas. Chego a conclusão de que não há outro nome possível ou adequado a esse precioso attar de agarwood do que um que aluda a sua natureza atemporal e divina.