15 de mar. de 2021

Natura Ekos Frescor Estoraque 2021 - Avaliação Perfume



Ekos Frescor Estoraque é um relançamento da Natura de uma água de banho de mesmo nome, cuja a criação original era inspirada nos rituais de banho de cheiro da nossa cultura. Para essa nova roupagem a Natura propõe uma narrativa que continua enfatizando a utilização de óleos essenciais brasileiros e da amazônia e contando a história de uma brisa fresca que vem da mata verde e molhada.

É importante ressaltar que Estoraque que a Natura explora na linha Ekos não é o material clássico e resinoso que a perfumaria utiliza a mais de 100 anos. A marca não deixa claro qual espécie é porém é ressaltado que o Estoraque usado aqui é extraído por destilação a vapor da planta e que seu aroma remete ao do manjericão. A marca cria um frescor verde aromático e levemente floral para construir uma narrativa de uma brisa aromática proveniente na floresta.

A saída é bem verde e traduz muito bem essa semelhança com o manjericão. Cítricos tem seu aspecto verde e adstringente enfatizado com um leve adocicado cítrico, combinado a um aroma limpo de lavandin e um aroma de folha verde e úmida. O estoraque aparece de maneira verde e levemente floral na evolução, amparado por um floral mais verde e delicado e estendendo a sensação do aroma de folha verde.

Funcionando como um perfume bem fresco a última etapa da fragrância é bem carregada em musks e sugere um leve toque ambarado e resinoso, como se sugerisse uma ponte com o estoraque tradicionalmente utilizado. Há um toque amadeirado aveludado e bem discreto que acompanha essa sensação úmida e delicada. Não é uma fragrância de grande performance ou projeção, certamente foi feita como a original, para ser usada em abundância e reaplicada. Transmite muito bem a ideia de um ritual aromático que nos transporta de uma maneira equilibrada para a abundância da vegetação brasileira. Perfeita para uso pós-banho.