19 de mar. de 2021

Natura Essencial Oud Vanilla - Avaliação Perfume



Uma das maiores surpresas comerciais da Natura foi a dupla Essencial Oud, lançada em 2017.  A princípio uma edição limitada o sucesso da exótica e intensa fragrância foi tal que virou parte integrante da linha essencial, ajudando inclusive a popularizar a tendência exótica de perfumes amadeirados e intensos. A emmpresa até que foi conservadora e somente 4 anos depois lança o primeiro flanker que capitaliza nesse sucesso.

Oud Vanilla não é uma fragrância radicalmente diferente do perfume Essencial Oud feminino e isso faz sentido visto que o anterior fez um estrondoso sucesso. A narrativa da marca aqui é a de exaltar uma espécie de orquídea conhecida como Vanilla Bahiana, uma espécie do gênero da Vanilla que somente é encontrada nas floresta tropicais do solo brasileiro e que tem sido estudada por cientistas como uma alternativa a baunilha tradicional, que está entrando em risco de extinção. A Vanilla Bahiana não difere em aroma da baunilha tradicional, sendo capaz de produzir vanilina de maneira similar a outra espécie.  A Natura traz essa baunilha para protagonizar em pé de igualdade com a nota de oud e produzir uma fragrância dual em aroma de maneira similar ao que acontece com as cores do frasco.

Basicamente temos aqui uma recalibração de todos os elementos da fragrância Oud feminina para ressaltar justamente os protagonismos do Oud e da Baunilha. As ameixas da saída mantém parte de seu aspecto licoroso para que ressaltem o aroma licoroso da Vanilla Bahiana. Ainda é possível perceber um aspecto apimentado mas isso já era evidente no perfume anterior.

A Maior mudança está na evolução floral, que deixa de acontecer com evidência nessa versão. A rosa licorosa e a nota de pralinê são emudecidas para que o aspecto mais amadeirado, resinoso e seco do oud ganhe protagonismo e seja complementado pelas nuances da copaíba e da priprioca. Em contraponto a ele é possível observar a textura cremosa e açúcarada da baunilha, tratada de uma maneira a ressaltar seu aspecto natural, sem exagerar em uma doçura artificial.

Oud Vanilla certamente será uma fragrância polarizante, ainda mais para quem irá influenciado pelo nome esperando uma fragrância muito doce. A marca aposta em algo mais compartilhável, fiel ao que acontece com a tendência de fragrâncias com temática de agarwood no mercado internacional. A marca corre aqui um risco interessante e entrega mais uma fragrância exótico, potente e a um custo acessível.