28 de abr. de 2021

Mancera Soleil d'Italie - Avaliação do Perfume


Muitas das fragrâncias da Mancera tendem a um estilo mais exótico e árabe de perfumaria, algo que é mais fácil de ser vendido como perfumaria de nicho. É mais difícil porém conseguir um resulto convincente com fragrâncias cítricas e aquáticas mas a marca faz um bom trabalho em Soleil d'Italie. Aqui a ideia é contar uma jornada pelos suculentos e frescos cítricos italianos utilizando notas aquáticas, florais e amadeiradas para criar essa harmonia de extremo frescor.

Soleil d'Italie me parece por ênfase no aroma fresco e suculento da bergamota, uma das frutas cítricas mais elegantes da perfumaria. A mandarina é utilizada pra trazer uma leve doçura frutada e a laranja amarga para equilibrar isso com um lado cítrico um pouco azedinho e mais "áspero". Há um leve brilho na saída que parece sugerir um toque aldeídico, como se elevasse ainda mais as notas cítricas. As especiarias acabam atuando de maneira secundária e não me parecem perceptíveis.

Na evolução Soleil d'Italie cria uma sugestão de notas aquáticas utilizando uma espécie de aroma floral leve e transparente, um que me remete distantemente a uma ideia de floral de laranjeira solar. A rosa aparece para trazer refinamento e a sinto mais pelas suas nuances verdes, como se fossem as folhas da rosa. Na parte final o perfume cria uma base aconchegante e transparente, utilizando ambergris para conferir um toque salino e os musk para trazer maciez e transparência, sustentando a ideia ensolarada. As madeiras e patchouli acabam sendo bem discretos, criando mais uma sensação abstrata de algo amadeirado mineral. Soleil d'Italie me parece perfeito para uso no verão, para momentos descontraídos e relaxados e para ser borrifado sem moderação. Um bom trabalho da marca em conciliar ideias mais "comerciais" com um acabamento mais detalhado e fino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Commentários/Comments