5 de abr. de 2021

Memo Tamarindo - Avaliação Perfume

 


A princípio achava que essa criação referia-se a fruta exótica de sabor azedinho e característico mas descobri que a marca está fazendo referência a uma praia da costa rica que tem esse nome. A memória olfativa aqui é ligada a um cheiro floral exótico, a flor de abacaxi, e como boa parte dos cheiros florais exóticos é uma fantasia que tem que ser reconstruída de acordo com os talentos do perfumista.

Se esse é o cheiro real da flor não sei dizer, porém Tamarindo consegue criar uma boa fantasia floral de abacaxi e associar ela a um fundo chypre gourmand, algo que distantemente o liga ao clássico moderno Coco Mademoiselle. Porém, Tamarindo remete mais com seu aroma de abacaxi suculento e caramelado ao sucesso de vendas da Micallef, Mon Parfum.

Tamarindo, entretanto, é um dos casos onde a Memo consegue ser perfeitamente comercial e atingir personalidade e isso é feito ao dar um floral branco sutilmente retrô à essa fantasia da flor de abacaxi. Isso me levou diretamente a minha infância, remetendo ao cheiro das bonecas moranguinho, entretanto sem nenhuma nuance floral plástica. É um aroma muito bonito, sensual e com um toque único em seu cheiro.