19 de mai. de 2021

Ensar Oud Bliss du Boche - Avaliação Perfume


Dentro da perfumaria o mundo das fragrâncias de oud seria equivalente talvez ao mundo dos vinhos e das cervejas premium. Quem é entusiasta pelo assunto irá virar os olhos para os produtos comerciais por não representarem a qualidade técnica que eles esperam encontrar. E quem não é entusiasta do assunto certamente irá se assustar com produtos que exigem conhecimento técnico e paciência para serem apreciados.

A Ensar Oud é conhecida como uma referência entre os apreciadores de fragrâncias de oud e seu dono ao longo dos anos construiu uma reputação de trabalhar com todos os tipos possíveis de Aquillarias e produtores para sempre garantir uma extração única, artística e de alta qualidade. Alguns de seus ouds podem chegar a custar fortunas e depois que esgotam dificilmente serão encontrados mais uma vez. A marca não deixa de se encaixar na fetishização dos materiais naturais porém ao mesmo tempo o trabalho que Ensar faz certamente vem pela paixão visto que está no mercado antes mesmo dessa hype existir.

Bliss du Boche é uma de suas criações que já se tornou histórico e escrever sobre ela é mais uma forma de documentar sua existência do que incentivar sua compra. Feito com uma técnica de destilação de espécies de Aquillaria provenientes de todo o território do Camboja a ideia aqui é tentar capturar o complexo aroma do agarwood de maneira prismática. E isso funciona bem pois temos um produto que é a destilação da infecção de uma única maneira funcionando como uma sinfonia completa. Como disse Bliss du Boche exige que você goste e conheça agarwood para apreciar seu valor. Mas também não é um dos tipos de oud mais difíceis: seu aroma equilibra uma faceta mais medicinal com um toque floral narcótico, nuances de incenso e um lado amadeirado mais aconchegante e bem agradável. É uma experiência com oud artesanal e para os que buscam algo especial.