14 de jun. de 2021

Avon Segno Visionary - Avaliação do Perfume


Avaliação em vídeo: https://youtu.be/51mVE3jBEPY

Para o dia dos pais desse ano a Avon Brasileira continua a renovar seu portfolio de fragrâncias masculinas e a nos surpreender com escolhas que tem seu grau de ousadia. A marca traz para nós o terceiro perfume da linha Segno, uma das quais ela tem entregado fragrâncias de excepcional qualidade.

Com uma criação de Frank Voekl Segno Visionary propõe uma fragrância para o homem com uma visão perspicaz do futuro. E é possível ver que o desafio começa na própria cor do frasco em si, onde uma coloração de um azul mais misterioso foge ao clichê de um perfume fresco e aquático.

Aqui temos um perfume que mescla elementos mais gourmands e ousados a uma estrutura aromática e amadeirada clássica. Na saída temos o frescor da bergamota modificado por um aroma de figo que mescla um aspecto um pouco adocicado a um toque mentolado de folha de figo.

O aroma de cappucino em si é um pouco mais discreto: há um aspecto bem sutil de café torrado mas sinto falta de uma canela ou cravo para que configure de fato um cappucino. No lugar temos o frescor especiado do cardamomo, encaixado para fazer a ponte com o frescor aromático e limpo da lavanda.

A nota de rum acaba sendo também um toque que parece apontar mais para o futuro do que o presente de fato. O aroma de bebida é discreto porém está presente na composição. A base surpreende com o aroma do vetiver e um couro com um toque de camurça e um lado um pouco mais ambarado. A baunilha complementa com uma doçura sutil que arremata muito bem a harmonia como um todo. Ainda que não seja uma das edps mais intensas Visionary surpreende com um perfume acessível, muito bem calibrado e que ousa desafiar os clichês comerciais da perfumaria masculina.