16 de jun. de 2021

Bvlgari Splendida Tubereuse Mystique - Avaliação do Perfume


Agradecimento especial à Kenia Ferreira por envio da amostra para análise. A Kênia está sempre cheia de novidades no instagram dela, o @kenia_kfparfum 

Tubereuse Mystique da Bvlgari é uma interessante justaposição de duas tendências com um toque de originalidade. A primeira dessas tendências é a recontextualização da cor azul em uma direção mais misteriosa, sensual e até mesmo noturna. A segunda delas envolve o renascimento nos últimos anos de perfumes de tuberosa, exaltando sua faceta doce e intoxicante.

Para Splendida Tubereuse Mystique a perfumista Sophie Labbé menciona ter imaginado uma tuberosa na penumbra no escuro, exaltando suas potentes características por meio do absoluto de baunilha, da essência de davana e de nuances orientais de mirra. A ideia me parece ser a de trazer a doçura atual dos perfumes florais brancos porém com uma subversão para trazer a ideia de mistério e o lado dark.

Nesse sentido temos o encontro do passado da Tuberosa com o presente. Na percepção mais externa do perfume nota-se o aroma doce e frutado que perfumes de Tuberosa tem explorado nos últimos anos, com a faceta doce ganhando um diferencial devido ao toque meio herbal da davana e devido ao aspecto frutado do cassis.

O lado subversivo se mostra quando você percebe um floral branco indólico e bem carnal por trás do que parece ser uma inocente doçura floral. Aí temos uma tuberosa potente e grande como a dos clássicos, apoiada na doçura da baunilha e nos aspectos misteriosos da mirra. A forma como todos os elementos são trabalhados criam uma fragrância intensa e marcante, mas que tem seu diferencial no seu azul místico e misterioso e em seu floral ambíguo entre doçura e inocência e intensa sensualidade.

Nenhum comentário: