2 de jul. de 2021

Tom Ford Noir Extreme - Avaliação do Perfume


Adquira o decant com 7% de desconto usando o cupom PERRELLA7:

Avaliação em vídeo: https://youtu.be/MbaxqtAgSUU

Lançado em 2015 o perfume Tom Ford Noir Extreme surgiu como um flanker da criação de 2012 Tom Ford Noir. Seu sucesso porém fez com ele acabasse ofuscando o tradicional e se tornando o mais famoso dentro da família Noir. Isso certamente se deve ao aspecto sensual, complexo e muito equilibrado de seu aroma.

Sob a premissa de que Noir Extreme capturaria o lado mais extraordinário e extremo do homem Tom Ford temos aqui uma fragrância de pirâmide olfativa complexa, apontando em diversas direções. Na pele porém a história é outra. Ainda que seja extreme Noir encontra harmonia e elegância em suas facetas especiadas, cítricas, gourmands, ambaradas e amadeiradas.

Na saída o perfume brinca com um contraste de especiarias - a cremosidade do cardamomo é combinado ao aroma mais seco e amadeirado da noz moscada e ao cheiro quente e levemente metálico do açafrão. Um combinação cítrica de mandarina e neroli retoma o frescor cítrico e elegante da versão tradicional.

Conforme evolui na pele um aspecto gourmand sofisticado e verde surge com a presença do pistache, descrito na fragrância como a sobremesa indiana Kulfi. O mastique estende esse leve toque fresco numa direção mais resinosa ao passo que as flores listadas (rosa, jasmim e laranjeira) apenas equilibram a fase intermediária da composição e dão sensualidade a fragrância.

Na etapa final o perfume nos envolve em seu lado mais extremo. Temos uma baunilha adocicada combinada a um ambar quente e com um leve aspecto de couro e um toque animálico distante. As madeiras se mostram de uma maneira mais suave, trazendo a faceta lactônica da madeira de sândalo. Noir Extreme certamente é uma fragrância mais intensa em temperaturas muito quentes mas uma que se mostra aconchegante e fácil de ser utilizada em tempearaturas mais frias ou amenas. Um perfume que consegue ir aos extremos mas paradoxalmente se mantém equilibrado.